Nossa História
"Que a vossa fé não se baseie na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus." 1Cor 2,5

ARTIGOS

Meio Ambiente e Progresso à luz da Bioética

O planeta tem passado por inúmeras mudanças em vista do desenvolvimento tecnológico. Em contrapartida, muitas também são as conseqüências no tocante ao meio ambiente que chega a comprometer toda a vida do ecossistema. O que se percebe é que o progresso que iniciou-se juntamente com a Revolução Industrial não veio acompanhado pela conscientização constante da sociedade com o desenvolvimento sustentável.

O Brasil, considerado um dos países mais ricos em se tratando de biodiversidade, é um modelo, pois, desde a sua colonização iniciou-se o processo de degradação de suas riquezas, a exemplo do pau brasil. A partir daí surgiram o desmatamento de muitas florestas, a extinção de animais, a poluição da água, do ar e do solo, criando muitas doenças difíceis de serem tratadas.

Nesse contexto, a bioética surge, uma vez que a mesma tem uma ligação com a Ecologia. Sagre (2002) afirma que a Bioética é o conjunto de preocupações, discursos e práticas que estruturam em nosso saber. Nesse sentido ela divide-se em Macrobioética e Microbioética. A primeira está ligada ao estudo das questões ambientais, ligada a ecologia educacional ambiental ou a Medicina Sanitarista, direcionada à saúde de comunidades ou populações. Já a segunda, a Microbioética direciona-se ao relacionamento entre os profissionais de saúde e os pacientes, conforme Sagre (2002).

Leonardo Boff afirma que o princípio da bioética é considerado multidisciplinar já que o mesmo abrange várias questões que irão alicerçar a sua prática, a sua ética. Daí nota-se que os inúmeros saberes ficam interligados a ela: Biologia, Medicina, Filosofia, Teologia, Psicologia, Economia, Sociologia dentre outros. Todas as “filosofias ambientais” possuem sua maneira de ser e de agir. Entretanto essa prática deve ser avaliada de maneira coerente.

David Hume, grande filósofo empirista, frisa que o caminho mais suave e pacífico da vida humana segue pelas avenidas das ciências e da instrução; e todo aquele que for capaz de remover algum obstáculo nesse caminho ou de abrir alguma perspectiva nova, deve ser considerado um benfeitor da humanidade.” Ou seja: a conscientização por parte da sociedade civil, empresários, instituições, representantes políticos, dentre outros, constitui uma tarefa de suma importância para a preservação da vida no planeta. A exemplo da parábola do beija- flor que tentava apagar o incêndio na mata, levando gotas de água no bico, cada um deve comprometer-se fazendo a parte que lhe cabe.

O desenvolvimento sustentável no Brasil e no mundo é necessário, entretanto para que o progresso ocorra de maneira consciente, trazendo menos danos e mais respeito ao Planeta.

O homem é parte integrante do meio ambiente: precisa ter o respeito e os deveres adequados com a biodiversidade da Terra, conforme Manoel Teixeira (2006).


Pe. Luís Carlos de Cerqueira
Pároco




HOME | NOSSA HISTÓRIA | MENU DE ARTIGOS | DIVULGAÇÃO DE EVENTOS | GALERIA DE REGISTROS FOTOGRÁFICOS

Paróquia Senhor do Bonfim 
Pe. Luís Carlos Cerqueira
Praça Padre Lacerda , s/nº - Centro - Distrito de Bonfim de Feira
44120-000 Feira de Santana - BA
Telefone Paroquial: (75) 3204-8218
E-mail: contato@paroquiasenhordobonfim.com.br
WebMail: Acesso Restrito
  IDEIA.COM.BR

Página Principal Nossa História Menu de Artigos Divulgação de Eventos Registros Fotográficos E-mail WebMail - Acesso Restrito Visite o site oficial da Arquidiocese de Feira de Santana